SABE

Sistema de Avaliação Baiano de Educação



Resultados do Sistema de Avaliação são apresentados

Técnicos das Diretorias Regionais de Educação (Direc) da Bahia estão reunidos até sexta-feira (6/07), em Salvador, para conhecer e discutir os resultados do Sistema de Avaliação Baiano (Sabe), uma ferramenta de monitoramento da qualidade da educação nas escolas da rede estadual. A perspectiva da Secretaria da Educação é que os 130 profissionais participantes do encontro funcionem como multiplicadores das informações nas unidades escolares e comunidades.

A programação inclui oficinas de divulgação e apropriação de resultados da edição 2011 do Avalie Ensino Médio e Avalie Alfa, projetos que constituem o Sabe, e que avaliam, respectivamente, o rendimento dos estudantes das escolas de ensino médio e os níveis de alfabetização das crianças.

As atividades são oferecidas pela Secretaria da Educação do Estado da Bahia, em parceria com o Centro de Políticas Públicas e Avaliação da Educação (CAEd) da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), cujo trabalho com as avaliações externas em larga escala é referência nacional.

O técnico da Coordenação de Avaliação da Secretaria da Educação do Estado da Bahia, Rogério Fonseca, ressalta que esta estratégia de divulgação dos resultados do Avalie Ensino Médio e Avalie Alfa “conscientiza e direciona para uma utilização mais apropriada da avaliação e permite tomar decisões mais assertivas. O objetivo é oferecer uma formação continuada sobre a interpretação, a compreensão e o uso dos resultados”.

Rogério Fonseca explica, ainda, que toda avaliação tem uma matriz de referência, composta por descritores de habilidades e competências que trazem um padrão mínimo de aprendizagem. “Se as pessoas aprenderem a ler esses resultados, vão saber quais habilidades foram construídas pelos estudantes de determinada escola e quais ainda precisam ser construídas”, completa.

Intervenções a partir dos resultados - Resultados das quatro áreas do conhecimento estão sendo trabalhados no encontro. As áreas são Linguagens, Códigos e suas Tecnologias; Ciências Humanas e suas Tecnologias; Matemática e suas Tecnologias e Ciências da Natureza e suas Tecnologias. Estes resultados são utilizados no Projeto de Monitoramento, Avaliação e Intervenção Pedagógica (Paip), que abrange 100% das unidades escolares e envolve diretamente toda a estrutura da Secretaria da Educação.

A coordenadora de Educação Básica da Diretoria Regional da Educação de Vitória da Conquista (Direc 20), Shirley Nogueira, afirma que o monitoramento e o acompanhamento da aprendizagem só são possíveis a partir dos resultados das avaliações internas das escolas e das avaliações externas. “São eles que estão nos dando subsídios para construir uma proposta pedagógica e intervir de forma que venha a atender necessidades e superar dificuldades de aprendizagem dos educandos. As perspectivas com o Paip e a utilização consciente dos resultados são as melhores”.

Em 2011, 1090 unidades escolares participaram do Avalie Ensino Médio. A avaliação envolveu, ao todo, 93.081 estudantes da 1ª série do ensino médio e da 2ª série da educação profissional integrada ao ensino médio. Como o estudo é longitudinal e acompanha progresso dos estudantes, estes mesmos alunos serão avaliados em 2012.

Já o Avalie Alfa 2011 envolveu cerca de 300 mil estudantes  do 2º ano do ensino fundamental das escolas públicas estaduais e das escolas municipais de 217 municípios que aderiram ao Pacto com Municípios.

Fonte: Secretaria da Educação do Estado da Bahia


Criado em: 06 jul 2012 | Notícias |